Em ótima forma, Alice Cooper leva público a loucura com seu freak show

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
(Last Updated On: 28 de setembro de 2017)

Por: Anna Bárbara Tuttoilmondo
Fotos: Willian Jhonnes

Alice CooperFoi necessário uma década de espera para Curitiba novamente assistir a um dos freak shows mais divertidos do rock n’ roll. Pela segunda vez, Vincent Damon Furnier, mundialmente conhecido como Alice Cooper, desembarcou na capital paranaense no último sábado, dia de 23 de setembro, agora com a turnê Spend The Night With Alice Cooper.

Contando com um time de peso composto por Chuck Garric (baixo), o trio de guitarras Ryan Roxie, Tommy Henriksen e Nita Strauss, além do potente baterista Glen Sobel, Alice Cooper deu um verdadeiro espetáculo em uma praticamente Chuck Garriclotada Live Curitiba, casa escolhida para receber o teatro de horror de Cooper.

Abrindo com Brutal Planet, música que há anos abre o seu show, Alice Cooper mostra que, no auge dos seus quase 70 anos, ainda sabe comandar um evento, com um palco que chegou a ficar pequeno com toda a decoração freak típica do mestre do shock rock.

 

Nita Strauss

Seguido de No More Mr. Nice Guy, o público foi a loucura com o clássico do álbum Billion Dollar Baby, de 1973. Importante ressaltar que a setlist é um apanhado de todas as fases do Alice Cooper, passando por Under The Wheels, Lost in America, Pain e, claro, a atemporal Billion Dollar Babies.

Como não poderia deixar de ser, aos primeiros acordes de Poison, o coro reunido na noite conseguia ser mais alto que o próprio vocalista. O público, inclusive, fez um show à parte, cantando todas as músicas.

Agora, falando um pouco sobre a banda de Alice Cooper: que time, senhores! Além da incrível presença de palco, Cooper reuniu em seu show de horrores alguns monstros da música cujo histórico é digno de respeito. Glen Sobel, por exemplo, já tocou com Jeff Scott Soto, enquanto Ryan e NitaChuck Garric acompanhou o mestre Dio na turnê de divulgação do álbum Magica. Tommy Henriksen, por sua vez, integrou o Warlock no início dos anos 80, além de ter acompanhado Doro Pesch em sua carreira solo. Já, Nita Strauss é conhecida por seus trabalhos com a Femme Fatale e The Iron Maidens.

Voltando ao show, Alice Cooper é conhecido por seus shows teatrais. E o pontapé para a parte teatral da noite ficou a cargo da fenomenal Feed My Frankenstein, cuja performance envolveu um enorme boneco do mostro eternizado pela escritora britânica Mary Shelley.

Embora essa turnê seja de divulgação do álbum Paranormal, lançado em maio desse ano, apenas uma música do novo álbum entrou na setlist, a divertida a divertida Paranoiac Personality.

Ryan RoxieCom Only Woman Bleed temos a primeira aparição da Calico Cooper, filha de Alice Cooper que interpreta “The Nurse”, a enfermeira psicótica que aplica as injeções que levam Cooper à loucura em Ballad of Dwight Fry (uma senhora música, diga-se de passagem). Com a dobradinha Killer e I Love The Dead, temos a famosa guilhotina que decapita Alice Cooper em todos os seus shows – uma performance memorável!

O show, cujo público era formado por pessoas de várias idades, mostra que Alice Cooper está forte como nunca, mantendo sua chama acesa com a eterna I’m Eighteen, cantada a plenos pulmões pelo público da Live Curitiba.

Infelizmente já sabíamos que o teatro de horrores estava prestes a acabar quando os primeiros riffs de Schools Out começaram a soar das caixas de som. A música, inclusive, contou com um medley do clássico Another Brick in The Wall. Na verdade, esse medley consta no álbum homônimo do Hollywood Vampires, banda formada por Jhonny Depp, Joe Perry e, claro, Alice Cooper.

Encerrando a noite com uma chuva de confetes e balões (com mais confetes!!), o show foi agraciado não apenas pelo público como também pelo próprio Alice Cooper, visivelmente satisfeito com uma multidão que não só vibrou em cada momento do espetáculo, como cantou TODAS as músicas, mostrando que a influência de Alice Cooper atravessa as gerações.

 

Setlist:

  1. Brutal Planet
  2. No More Mr Nice Guy
  3. Under My Wheels
  4. Lost in America
  5. Pain
  6. Billion Dollar Babies
  7. The World Needs Guts
  8. Woman of Mass Distraction
  9. Poison
  10. Halo of Flies
  11. Feed my Frankenstein
  12. Cold Ethyl
  13. Only Woman Bleed
  14. Paranoiac Personality
  15. Ballad of Dwight Fry
  16. Killer / I Love the Dead
  17. I’m EighteenEncore:
    18. Schools Out / Another Brick in The Wall