Oitão: confira como foi o show em Curitiba

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
Última atualização: 7 de dezembro de 2016 - 11:51:54

Texto: Anna Tuttoilmondo
Fotografia/revisão: Willian Jhonnes

Cadela Maldita

Cadela Maldita

No dia 28 de outubro os paulistas do Oitão realizaram seu primeiro show na capital paranaense. A abertura do evento ficou por conta das bandas Cadela Maldita e Bloqueio Mental, ambas curitibanas. O local escolhido para o show foi o Jokers Pub, no bairro São Francisco.

O Cadela Maldita foi a primeira banda da noite, abrindo o show com Fight to Survive, do homônimo álbum lançado em 2006. O show segue com Kill the Goverment, No Hope for Politicians (do ótimo First Lesson: Hate) e Religion’s Brain Washing Machine.

Cadela Maldita

Cadela Maldita

Mesmo com o ótimo show do Cadela, o público permanecia acanhado e espalhado pelo salão, o que não reduziu a energia do trio formado por Felipe Gomes (bateria), Guga Ramone (baixo e backing vocal) e encabeçado por Raul Lima (guitarra e vocal).

Os destaques do show foram as músicas I Lost My Teeth in The Circle Pit, bem propício para o evento como um todo, Welcome Rio 2006 e, para encerrar, Disrupt.

Com um público razoavelmente em maior número, foi a vez do Bloqueio Mental invadir o palco do Jokers Pub. Formado por Fábio Malerba (vocal), Bruno Guedes (baixo), Giovani Navarro (bateria) e Deniz Aurelio (guitarra), o grupo iniciou o show com Desastre, seguido de Ódio Declarado, Revolta e Assassinos da Lei.

Bloqueio Mental

Bloqueio Mental

Com 16 anos de estrada, o Bloqueio Mental é uma das referências do underground curitibano e com seguidores fiéis do som sujo e pesado, como deve ser. A essa altura do campeonato, o público aumentou consideravelmente, com seus moshs e stage divings ao som de Sentir Ódio e Nada Mais, um clássico do Ratos de Porão.

As músicas, que emendam umas na outras, mantém a adrenalina de um público eufórico ao som de Mahogany, Noyse Annoys, Pesadelo e, para encerrar, Fim do Mundo.

Bloqueio Mental

Bloqueio Mental

Com um pequeno atraso, enfim foi a vez da atração principal da noite dar continuidade ao evento. O Oitão, formado por Ciero (guitarra), Ed Chavez (baixo), Marcelo BA (bateria) e o chef Henrique Fogaça nos vocais, após sua costumeira introdução com Fogaça usando uma dólmã (uniforme dos chefes de cozinha) “ensaguentada” e uma máscara de freira, começou o festival de pancadaria com Pobre Povo, do álbum homônimo lançado ano passado, seguido de Tormento 4º Mundo.

Oitão

Oitão

O quarteto paulista já tem dois álbuns lançados, o já citado Pobre Povo (2015) e Oitão (2010), fornecendo a trilha sonora perfeita para o circle pit que tomou conta do pub que, àquela hora, já contava com um público mais numeroso.

Destaque também para o carisma de todos os integrantes, que a todo momento agradeceram a recepção e carinho dos fãs curitibanos. Em clima de descontração, o grupo chamou alguns integrantes das outras bandas pra uma jam, seguido por Vida Ruim, segunda homenagem da noite ao Ratos de Porão que, como era de se esperar, ensandeceu o público.

Novamente vestido com o dólmã ensanguentado e a máscara de freira, Fogaça, ao lado dos outros integrantes, agradece pelo show e se despede do público. A banda ainda permaneceu um tempo nos corredores do Jokers para conversar com fãs e atender aos pedidos de selfies.

Oitão

Oitão

O evento foi bem organizado, sem muitos contratempos, com exceção do show do Oitão que sofreu um pouco com o retorno de som. No entanto, o local escolhido para esse evento talvez não tenha sido a melhor opção, levando em consideração que há outras e mais clássicas casas de show na cidade voltadas para o púbico underground, do hardcore ao metal.

Entretanto, pudemos presenciar um bom evento com três excelentes bandas da cena hardcore nacional.

SET LIST CADELA MALDITA

  • Fight to Survive
  • Kill the Goverment
  • No Hope for Politicians
  • Religion’s Brain Washing Machine
  • Spank Show
  • Work Like a Dog, Get Paid Like a Dumb
  • Knock Republic
  • Brazilian Style
  • Pedophile Priest
  • Handicraft
  • Body Crunch
  • I Lost My Teeth in The Circle Pit
  • Welcome Rio 2006
  • Cold, Blooded, Murder
  • Disrupt

SET LIST BLOQUEIO MENTAL

  • Desatre
  • Ódio Declarado
  • Revolta
  • Assassinos da Lei
  • Alma Negra
  • Discriminação
  • Pânico
  • Sentir Ódio e Nada Mais (Ratos de Porão)
  • Terra dos Mortos
  • Pecadores da Cobiça
  • Demente
  • Mundo Pobre
  • Brasil
  • Mahogany
  • Noyse Annoys
  • Pesadelo
  • Fim do Mundo

SET LIST OITÃO

  • Intro
  • Pobre Povo
  • Tormento
  • 4º Mundo
  • Podridão Engravatada
  • Doença
  • Tiro na Rótula
  • Chacina
  • Não Me Entrego Não
  • Maldito Papel
  • Faixa de Gaza
  • 666
  • Imagem da Besta
  • Vida Ruim (Ratos de Porão)
  • Intro