Korn é ovacionado por público curitibano

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
Última atualização: 23 de abril de 2017 - 21:36:59

Texto: Anna Bárbara Tuttoilmondo
Revisão e Imagens: Willian Jhonnes

Jonathan Davis

Jonathan Davis

Dia 21 de abril de 2017 ficará marcado como uma noite de nostalgia para muitos curitibanos pois, pela primeira vez em 23 anos de banda, o Korn apresentou-se na capital paranaense como parte da divulgação do seu novo álbum, The Serenity of Suffering, o 12º da sua carreira.

Formado por Jonathan Davis nos vocais, James Shaffer e Brian Welch nas guitarras, Ray Luzier na bateria, Davey Oberlin nos teclados e Fieldy no baixo, a surpresa para a turnê sul-americana foi a substituição de Fieldy – que precisou ausentar-se por conta de “imprevistos” – por Tye Trujillo, o filho de 12 anos de Robert Trujillo, baixista do Metallica.

Sem banda de abertura, o show iniciou às 22h com Right Now do álbum Take a Look in the Mirror (2003), seguido de Here to Stay, do Untouchables (2002), duas músicas com peso o suficiente para tremer a Live Curitiba. A primeira música tocada do novo álbum foi Rotting in Vain, cantada a plenos pulmões pelo variado público presente. Algo a se ressaltar, inclusive, foi o público. Era possível encontrar pessoas das mais variadas idades, mostrando que a banda foi um marco na vida de muitas delas, em diversas épocas.

James "Munky" Shaffer

James “Munky” Shaffer

Outra surpresa no show foi a inclusão da música Word Up, uma regravação do sucesso do grupo de funk/disco music Cameo.

Apesar da pouca interação com o público ao longo da noite, os integrantes eram bem receptivos. E, para quem estava reticente com a performance do pequeno Trujillo, informo que o garoto surpreendeu, afinal, filho de peixe, peixinho é.

Prova disso foi na música Y’all Wanna a Single, cuja linha de baixo pesada é destaque em sua estrutura. Foi também o momento que Davis convocou seu público para gritar um uníssono Fuck That, a chamada para a música.

O show segue com um desfile de hits, marcando todos as fases da

Brian "Head" Welch

Brian “Head” Welch

banda, incluindo dois curiosos medleys de Coming Undone com We Will Rock You e Shoots and Ladders com One, do Metallica, além de uma palhinha do Jonathan Davis tocando gaita de fole antes da música.

Apesar do setlist curto e com poucas músicas do novo álbum, o show foi muito bem executado, mostrando uma banda em perfeita sintonia e bem afiada no palco. Tye Trujillo com certeza surpreendeu com seus dotes musicais e sua empolgação no palco, Ray Luzier deixou todos extasiados com seu solo de bateria, Brian Welch e James Shaffer mostraram todo seu carisma com o público e Davis, mesmo com seu jeito quase introvertido, soube comandar o show do início ao fim.

Uma boa forma de aproveitar um feriado de sexta-feira e fazer um revival a um período tão conturbado como a adolescência, aproveitando o som dos

Tye Trujillo

Tye Trujillo

que foram, praticamente, os porta-vozes dos jovens do inicio dos anos 2000.

SETLIST:

1. Right Now
2. Here to Stay
3. Rotting in Vain
4. Somebody Someone
5. Word Up!
6. Coming Undone (com trecho de

“We Will Rock You” do Queen)
7. Insane
8. Y’All Want a Single
9. Make Me Bad
10. Shoots and Ladders (com trecho de “One” do Metallica)
11. Drum Solo
12. Blind
13. Twist
14. Good God
15. Falling Away From Me
16. Freak on a Leash

Ray Luzier

Ray Luzier

Para mais fotos, clique aqui.